Sapateiro das Estrelas

1995

Salvatore Ferragamo nasceu em 1898 em Bonito, perto de Nápoles, na Itália. Ainda em sua primeira década de existência já havia descoberto sua paixão pelos sapatos quando criou seu primeiro par, destinado aos pézinhos da irmã, aos 9 anos. Após estudar confecção de sapatos, abriu uma pequena loja ainda dentro da casa dos pais. Em 1914, imigrou para Boston, onde seu irmão trabalhava em uma fábrica de botas de cowboy. Após pouco tempo, ele convenceu o irmão e se mudaram para a Califórnia, Santa Bárbara. Hollywood foi sua próxima parada, onde a atmosfera fervilhante do cinema em ascensão era inevitável.

1978OK

Lá, Ferragamo encontrou o sucesso. Calçou os pés mais famosos do cinema em seu tempo. Inicialmente, ele abriu uma pequena loja de reparo e confecção de calçados sob medida e começou também a criar figurinos. Logo caiu no gosto de estrelas como Greta Garbo, Ava Gardner e Marilyn Monroe e ficou conhecido como o sapateiro das estrelas. Mas isso não foi suficiente para ele. Ele não conseguia se conformar com beleza sem conforto, portanto resolveu estudar anatomia na Universidade do Sul da Califórnia, para conseguir conhecimento adequado para confecção de sapatos que não machucassem os pés.

Salvatore Ferragamo 1

Depois de 13 anos nos Estados Unidos, Ferragamo voltou para a Itália, desta vez para Florença. Instalado no berço do renascimento italiano, ele começou a criar sapatos para as mais ricas e poderosas mulheres do século.

 

A Construção do Palazzo Spini Feroni

Palazzo Spini Feroni é um palácio medieval, construído por Geri Spini, um rico comerciante e banqueiro, para o papa Bonifácio VIII, em 1289. Através dos séculos, ele passou por várias mãos, dos Spinis para os Guasconis e depois para as famílias Bagnano e Feroni. Em 1846, o palácio foi adquirido pela cidade de Florença e de 1860 a 1870, quando Florença era a capital da Itália, era a sede do Conselho da Cidade. Em 1881 foi vendido para Cassa di Risparmio e se tornou propriedade privada quando Salvatore Ferragamo o compra em 1938 como sede da companhia e sua própria oficina. O prédio foi restaurado em 2000 e agora orgulhosamente mostra suas obras primas da arte Fiorentina dos séculos 17 e 18, incuindo afrescos de Bernardino Poccetti na capela. O nível mais baixo ou porão, é onde o museu se localiza e guarda história de uma das mais famosas galerias de antiquários da cidade.

5-riga-4-box_600

Ao lado de fotografias, patentes, esboços, livros, revistas e moldes de madeira dos mais variados e famosos pés, o museu mantém uma coleção com desenhos de 10.000 modelos de design de Ferragamo datados entre o final da década de 1920 até 1960, o ano de sua morte.

titolo